Gestão de Pneus

4 dicas de boas práticas para Gestão de Pneus

Os gastos com pneus de uma frota estão entre os mais elevados — representando, segundo a Associação Brasileira de Engenharia de Produção (Abepro),  cerca de 18,68% do custo operacional e ficando atrás apenas do custo com combustível de manutenções no veículo. Por isso, é importante que o gestor esteja atento a esses gastos e busque ações que contribuam para aumentar a vida útil do pneu. Planilha para controle de frota pode elucidar o porquê dos grandes desgastes nos pneus dos caminhões e lhe ajudar na gestão de pneus.

Neste artigo, vamos oferecer algumas dicas que podem contribuir para aumentar a durabilidade e reduzir os custos no que se refere à gestão de pneus. Confira agora:

FAÇA UM CONTROLE RIGOROSO

O primeiro e mais importante passo é controlar imediatamente os custos mensais que sua empresa possui com a gestão de pneus, se ainda não o fazem. Muitos gestores fazem uma análise macro — considerando apenas os custos de abastecimento e de manutenções, que incluem a troca de pneus.

Se o controle é minucioso, é possível entender e fazer uma gestão mais eficiente, tornando decisões mais assertivas. Faça controle de marca, tipo, períodos e custos de compras, por veículo e por motorista da frota.

Você já pensou em usar um software de controle de frota?

FIQUE ATENTO À CALIBRAGEM

A calibragem incorreta pode diminuir a vida útil dos pneus, aumentando o contato com o asfalto ou causando deformidades. Além disso, a calibragem inadequada pode provocar o aumento dos custos com combustível.

O alinhamento e o balanceamento incorretos também influenciam diretamente na duração dos pneus e no consumo de combustível — o que pode elevar ainda mais o valor dos gastos gerais com a frota.

TREINE SEU PESSOAL

A gestão de pneus da frota também está ligada a fatores internos — não somente à manutenção e cuidados corretos com o veículo. Explique para os motoristas a importância desses cuidados — orientar a respeito de questões como calibragem, frenagem e até mesmo sobre as condições das vias é uma forma de conscientizar os motoristas sobre como os custos podem ser controlados.

CONSIDERE A REFORMA DOS PNEUS

Na grande maioria dos casos, é possível reformar os pneus e continuar os utilizando por algum período de tempo. Isso ajuda a prolongar a vida útil dos mesmos e a adiar os custos com a compra de novos pneus — em um ano a economia pode ser considerável.

Mas lembre-se de contar com um serviço de qualidade e confiável — uma vez que a qualidade dos pneus influencia na segurança do motorista.

AFINAL, POR QUE A GESTÃO DE PNEUS DA FROTA É TÃO IMPORTANTE?

Uma boa gestão de pneus da frota ajuda a compreender melhor a origem dos maiores gastos e procurar alternativas que contribuam para reduzí-los. Além disso, ela está diretamente ligada à segurança nas estradas — veículos que circulam com pneus que já deveriam ter sido trocados, aumentam consideravelmente o risco de acidentes. Planilha ou software para controle de frota pode ajudar o gestor no ato de controlar.

Como é possível observar, a gestão de pneus da frota tem uma importância considerável na gestão de uma forma geral. Apesar de muitos considerarem que o controle amplo da frota é mais prático e de fácil gestão, detalhar alguns aspectos à parte pode ser um fator diferencial na hora de conseguir economia para o setor.

Como sua empresa realiza a gestão de pneus da frota? É controlada juntamente com a manutenção ou é feita separadamente? Compartilhe conosco suas experiências!

Você pode gostar também...

Posts Populares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *