Matriz de Transporte

Você sabe o que é matriz de transporte?

Quais são e qual é a mais importante?

A expressão corresponde aos diferentes tipos de transporte disponíveis, que são peças fundamentais para a locomoção de mercadoria pelo país e pelo mundo. Atualmente, existem cinco modelos de modais de transporte:

  • Rodoviário: que acontecem a partir de caminhões e carretas por meio de vias, como estradas, rodovias e ruas;
  • Aéreo: a partir de aviões, geralmente, mas podem ser usados helicópteros também;
  • Ferroviário: por meio de trens e vias férreas;
  • Aquaviário: através mares (marítimo), lagos (lacustre) ou rios (fluvial);
  • Dutoviário: a partir de dutos e tubos, que podem ser subterrâneos, submarinos ou aparentes. 

Vale destacar que cada um desses tipos de transporte possuem suas principais características, vantagens e desvantagens. Por isso, antes de escolher o modal para a sua empresa, é necessário fazer uma pesquisa cuidadosa e detalhada. Entretanto, o tipo de material carregado, o tempo e a segurança são os principais fatores dessa equação.

Bom, deu para perceber que temos muito o que falar sobre a matriz de transporte brasileira, não é? Portanto, se você ficou curioso e quer aprender mais, continue com a gente. Neste artigo, vamos:

  • Apresentar as principais vantagens e desvantagens de cada modal;
  • Trazer dados e um panorama sobre o atual cenário do transporte no Brasil;
  • Comentar qual o modal mais utilizado no país e indicar justificativas para sua relevância;
  • Abordar os desafios do setor de transporte no país.

Conheça as vantagens e desvantagens da matriz de transportes

Bom, já apresentamos as definições dos diferentes modais da matriz de transporte. Agora, vamos falar mais a fundo sobre as principais vantagens de cada modalidade.

Modal rodoviário

Mercadoria ideal para ser carregada:

Por ser bastante versátil, o transporte rodoviário de cargas permite carregar desde animais vivos até produtos a granel.

Principais vantagens:

  •  Acessibilidade

Com o modal rodoviário, as mercadorias podem ser carregadas de forma rápida em curtas distâncias. Além disso, o veículo pode ir até a carga e, por isso, não há necessidade de fazer uso de outro tipo de transporte para essa finalidade.

  •  Flexibilidade para organizar a rota

É possível ter mais controle da rota e estruturar o itinerário com uma certa flexibilidade em relação aos outros modais. Ou seja, fica mais fácil também acompanhar o trajeto por meio de programas de gestão de transporte.

Principais desvantagens:

  •  Frete alto

O custo do fretamento desse tipo de transporte é mais caro que os outros tipos de modais. Além disso, outro custo que podem encarecer o procedimento é o pedágio.

  •  Tempo

Outro fator super importante! O transporte é um dos processos mais demorados. Por isso, principalmente se você for transportar um produto para longas distâncias, fique atento e se planeje com antecedência para evitar problemas e atrasos. 

  •  Extravio

A segurança também precisa ser um ponto de alerta. No modal rodoviário, o extravio por causa de roubos ou acidentes é mais comum que nos outros modais de transporte.

Modal aéreo

Mercadoria ideal para ser carregada:

É ideal para locomover produtos eletrônicos, frágeis ou com curto prazo de validade. 

Principal vantagem:

  •  Agilidade

Essa é a principal característica do modal aéreo, que conta com trânsito livre e exclusivo. Por isso, há uma previsão mais assertiva da entrega da mercadoria. É também o transporte com o menor tempo de entrega.

Principais desvantagens:

  •  Pouca visibilidade

Um ponto super importante! Esse modal tem pouco destaque na agenda de transporte das empresas de maneira geral. Segundo análise da CNT (Confederação Nacional do Transporte), apenas 0,4% das empresas usaram o modal aéreo em 2017.

  •  Custos

Além disso, é um dos mais custosos tipos de modais de transporte no Brasil, pois contam com altos gastos operacionais, como: a compra e a manutenção do avião, além dos custos com o combustível.

  •  Dependência de outros modais

Para que a mercadoria chegue ao destinatário, pode ser necessário usar outros tipos de transporte, ao contrário do modal rodoviário, por exemplo.

  •  Capacidade de carga

A capacidade do modal é bem menor que a dos transportes marítimo e ferroviário. O aéreo ganha apenas do rodoviário. Além disso, esse tipo de transporte também possui limitações no volume, tamanho e peso de carga.

Modal ferroviário

Mercadoria ideal para ser carregada: 

Geralmente, commodities.

Principais vantagens:

  •  Baixo custo

O transporte conta com baixa incidência de taxas. Ou seja, os combustíveis são mais baratos também.

  •  Grande capacidade

Em comparação aos outros modais, com o ferroviário, é possível carregar uma grande quantidade de carga.

Principais desvantagens:

  •  Rota fixa

O transporte ferroviário conta com uma rota fixa. Pelos trilhos serem incompatíveis de uma região para a outra, o trânsito pode ser dificultado dentro do próprio país.

  •  Dependência de outros modais

Normalmente, é necessário usar outro modal de transporte para que o produto chegue ao destino final, ao contrário do modal rodoviário.

  •  Pouco investimento do governo

O governo brasileiro investe pouco em ferrovias, o que prejudica que o transporte se modernize.

Modal aquaviário

Mercadoria ideal para ser carregada: 

Pode variar bastante. Mas, geralmente, é usado para transportar matérias-primas, como: petróleo e seus derivados, carvão, minério de ferro, cereais, bauxita, alumínio e fosfatos, entre outros.

Principais vantagens:

  •  Longas distâncias

É possível transportar grandes quantidades de carga para longas distâncias com esse tipo de transporte.

  •  Frete baixo

Há um baixo custo de frete se comparado aos outros modais.

Principais desvantagens:

  •  Tempo

O tempo de trânsito do produto é bastante longo. Se a carga precisar ser entregue com urgência, provavelmente, esse modal não é o mais indicado.

  •  Burocracia

Gerenciar esse tipo de modal é uma tarefa complexa e burocrática. Afinal, é necessário solicitar diversos documentos para isso.

Modal dutoviário

Mercadoria ideal para ser carregada: geralmente cargas perigosas, como: gás natural e petróleo

Principais vantagens:

  •  Capacidade

O modal dutoviário tem uma capacidade mais alta que os demais. Por isso, é um dos tipos de modais ideias para transportar produtos para longas distâncias e em grandes quantidades.

  •  Custo operacional

Além de poder enviar produtos para longas distâncias, o transporte possui baixo custo operacional, já que não é necessária muita mão de obra empregada e o consumo de energia não é alto.

Principais desvantagens:

  •  Investimento inicial

Durante a operação, o custo é regular. Porém, o investimento inicial é bastante alto.

  •  Trajeto fixo

Para funcionar, o transporte dutoviário exige pontos de bombeamento e não possui flexibilidade de rotas. Ou seja, o procedimento se torna mais complexo e custoso.

  •  Acidentes ambientais

É um dos modais de transporte que mais necessita de atenção, já que o descuido pode causar acidentes ambientais de larga escala.

O cenário atual do transporte de carga no Brasil

escoamento de produtos é uma etapa fundamental da logística e na matriz de transporte, podendo garantir um incremento de receita e vantagens competitivas para o seu negócio. Além disso, o setor gera um impacto direto na economia do país. 

Um dos fatores de crescimento econômico de uma nação está diretamente relacionada às facilidade de mobilidade e acessibilidade da população – já que o deslocamento urbano entre regiões e países é uma injeção na economia -, bem como o escoamento de sua produção de mercadorias, seja no contexto nacional ou internacional. 

Segundo o PNLT (Plano Nacional de Logística e Transportes), lançado em 2006 a partir de uma parceria entre o Ministério dos Transportes e o Ministério da Defesa, estima-se que, caso a matriz de transportes brasileira fosse mais equilibrada, iríamos reduzir US$ 2,5 bilhões por ano em custos logísticos. Nesse somatório, é considerada a redução dos custos de transporte para determinadas cargas. Além disso, os fretes poderiam ser reduzidos em 62% para o modal hidroviário e de 37% no ferroviário em comparação ao rodoviário. 

Em relação à participação, de acordo com dados da CNT, o modal rodoviário dentro da matriz de transporte tem sua maior participação no setor, contando com 61,1% das cargas, seguido do ferroviário com 20,7% e aquaviário com 13,6%. Esses três modais representam 95,4% de toda a carga transportada no país.

Transporte rodoviário de cargas: por que é o mais importante?

transporte-rodoviário-de-carga
Imagem: Reprodução

O modal rodoviário é o mais popular no país. De acordo com o último levantamento do Banco Mundial, em 2013, o país já contava com 58% de todo o seu transporte de cargas por rodovias, deixando para trás grandes potências como Austrália, China, Rússia e Canadá.

Além disso, dados da Pesquisa Custos Logísticos, feita pela Fundação Dom Cabral, 75% dos produtos no Brasil têm fluxo de escoamento feito pelo modal rodoviário, ou seja, o maior abastecimento e distribuição de cargas em âmbito nacional é, praticamente, todo realizado por veículos terrestres em rodovias. Mas por que esses dados tão expressivos? Vamos falar agora sobre os principais motivos.

1. Flexibilidade

Com o transporte rodoviário, é possível carregar diferentes tipos de cargas, com pesos e dimensões completamente diferentes. Afinal, isso garante uma infinidade de possibilidades para a transportadora que decidir adotar esse modal.

2. Custo

Apesar do gasto com pedágio e do alto valor do frete, esse modal é o mais econômico. Os custos da manutenção, por exemplo, são os mais baratos. Além disso, com o caminhão, é possível transportar carga de uma forma fracionada ou dividida, com entrega de ponta a ponta.

3. Liberação ágil

A agilidade no despacho no caso do transporte rodoviário também é um destaque. Em alguns casos, o produto pode ficar aguardando dias para ser liberado. Já, no caso do caminhão, assim que o veículo terrestre estaciona no local despachante, a mercadoria pode ser retirada imediatamente.

4. Mão de obra

O modal também oferece um grande leque de profissionais capacitados, o que não é fácil de encontrar nos outros tipos de conteúdo.

E aí, agora você está por dentro do que é matriz de transporte e sobre o cenário no Brasil? Aproveite o campo dos comentários abaixo para tirar suas dúvidas e deixar seu comentário. Aproveite também uma de nossas planilhas prontas para te auxiliar na Gestão de Frota. Faça agora mesmo o download!

Até a próxima!

Você pode gostar também...

Posts Populares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *